fashion

18 LOOKS DE MAIO

A vida por aqui deu uma acelerada em Junho e eu não estava conseguindo fazer o post dos looks sincerões de Maio. Uma inflamação na garganta e o corpo febriu me obrigou a passar o sabadão ‘de boa’ na cama quase o dia todo (o clássico “se a gente não sossega por bem, o corpo faz sossegar de algum jeito”).
Então de pijama e embaixo do edredon em pleno sábado à noite, vamos aos looks de Maio. E já adianto que repeti algumas peças <3

LOOK 1: já começando com um look ‘gambiarra’. Acordei atrasada, então coloquei o macacão (@usoassim marca independente de meninas fodas a gente tem que divulgar, né?) para não ter que pensar, combinei a mule de salto grosso para dar um ar mais ‘formal’. Eu tenho a pele bem sensível, então alguns dias da semana eu não uso nada pesado como corretivo, base ou rímel, foi o caso desse dia em que passei só protetor solar, pó compacto, blush e o batom vermelho que dá uma vida para o rosto.

A Jujuba sempre conferindo o que acontece pela casa

LOOK 2: Adoro o veranico de Maio, é tipo um verão que não me derrete, de presente no mês do meu aniversário <3 O short de veludo cotelê tem contrapeso com o tecido fino da blusa e o lenço colorido na alça de mão da minha bolsa Orna Mercês (@orna) dão o equilíbrio que combinam com a dualidade de um verão no outono.
Como a intenção desse post não é sobre ‘o que usar’, mas sobre ‘libertar o seu guarda roupa’, aqui eu vou contra duas regras (bem tontas) que vejo em sites de moda:
1 – tons terrosos não combinam com tons frios
2 – looks com cores sóbrias são entediantes

LOOK 3: Mom jeans com a barra dobrada ‘bagunçadinha’ para ficar acima do cano da bota chelsea com salto. Para ficar menos ‘motoqueira’ escolhi acessórios dourado (só que não apareceram muito bem na foto) Minimal e sem segredos.

LOOK 4: No cabelo um coque baixo e as presilhas para segurar a franja (já falei que amo presilhas e estou amando demais ‘o retorno’ delas para as lojas?). E aqui vou contar uma coisa: eu gosto de usar sutiã preto por baixo de regata branca de tecido fino. A ideia é: já que vai aparecer, que fique claro que eu queria que aparecesse mesmo. Esse modelo meio top da Calvin Klein é super confortável e só aparece pela cor, não fica marcando a costura.

LOOK 5: essa pantalona de linho e cós alto é só amor. O cabelo preso e a tiara é um clássico do bad hair day.

a blusa é a mesma do look 3

LOOK 6: É interessante como a nossa percepção sobre as roupas podem mudar. Esse sobretudo minha mãe comprou para mim em Buenos Aires há anos atrás, na época eu era biomédica recém formada e tentava me vestir de “adulta”. Consequentemente eu sempre pensava nele como algo formal, mesmo depois que me “libertei” daquela caricatura de adulto. Ano passado, arrumando a mudança de apartamento, eu olhei para ele e não vi nada disso. Então na primeira “esfriada” que deu esse ano, eu quis colocar com uma roupa bem informal. Agora olhando essa foto eu chego a rir de lembrar que eu o achava formal demais.

cinto e suéter do brechó @1991tyfb

LOOK 7: esse é um look que em condições normais eu não usaria para trabalhar, mas nesse dia estava muito frio, a bronquite atacando e nenhuma reunião na agenda…foi irresistível sair de casa igual um ursinho.

eu uso as leggings dentro do tênis, assim aumenta a linha das pernas e garante que nenhum ventinho chato venha na minha canela.

LOOK 8: bota over knee e moletom, tá aí uma combinação que eu usaria todo dia, facilmente. É confortável, quentinho e ainda assim fui a um talk de tecnologia e empreendedorismo sem me sentir ‘não arrumada’.
Esse moletom é do Pedro, volta e meia ‘assalto’ as roupas dele, gosto do corte ‘alongado’ que os moletons masculinos têm (além de serem mais quentinhos).

LOOK 9: eu adoro boné, na verdade acho que gosto de todo acessório de cabeça principalmente dos que me protegem do Sol! Um look todo preto com destaque pro cachecol e tênis. O desafio do dia foi sair com uma calça que marca tanto o bumbum sem colocar nenhuma blusa que o cobrisse. Eu ainda preciso me libertar da vergonha de usar roupa que marca meu bumbum, reflexos de uma vida andando de ônibus 🙁

LOOK 10: se tem uma coisa que eu não me apego é a tamanho de roupa. A etiqueta é um número para te guiar na arara e não te escravizar, ainda mais quando as marcas praticamente não seguem padronagem de tamanhos. Repita o mantra: O CAIMENTO É MAIS IMPORTANTE QUE A ETIQUETA
(aqui palavra etiqueta também serve para marca, taokey?)
Essa blusa de lã tem uma proposta soltinha, ainda assim o P não tinha um caimento ‘gostoso’, provei a M e ainda faltava malemolência, então comprei a G.

de novo a mom jeans por aqui

LOOK 11: dia de chuva, pode saber que vou usar Melissa para manter os pés sequinhos. Essa calça provavelmente vai aparecer muito por aqui.

LOOK 12: aqui é proibido dizer que trench coat é formal! Sim, ele dá estrutura para o look, mas eu uso com tudo e se reclamar eu uso até com pijama.

já é a terceira vez que esse tênis aparece por aqui

LOOK 13: Essa combinação não é a minha favorita, acho que o cabelo solto esconde o detalhe mais lindo do casaco que é a gola. O jeans rasgado talvez chame atenção demais para o joelho e o moletom alongado me deixou meio achatada. Tem alguma sugestão de como você usaria esse casaco?

minha franja cacheada só vem para frente quando ela quer

LOOK 14: a roupa que usei no dia do meu aniversário <3 acordei cedo, lavei o cabelo e sequei com secador…ficou muito armado e sem definição. Joguei todo dentro do meu chapéu Osório porque não seria um cabelo que ia me deixar pra baixo no meu aniversário, não é mesmo?
Já pegou minha fórmula, né? Bota over knee e um suéter ou moletom.

LOOK 15: Tá aqui de novo o trench coat em um estilo bem diferente do anterior. Liberte sua flare para ser usada com tênis também, seu guarda roupa multiplica.

LOOK 16: aqui estou usando a mesma calça do look 13, mas com a camisa também preta aparecendo não deixa o blazer ‘cortar’ meu corpo. O tênis deu um peso para o blazer de linho, mas numa proposta mais formal daria para usar um sapato de salto ou até mesmo a chelsea boot do look 3.

LOOK 17: essa flare é exatamente o mesmo modelo do look 15, amei tanto que comprei essa azul marinho e a vermelha…e elas já tem 7 anos!
Nesse dia a previsão era de muita variação de temperatura e chuva, então a ideia foi colocar camadas leves. Por baixo uma camiseta básica bem fininha, uma camisa jeans aberta que deu uma ‘corzinha’ sem chamar atenção demais, e a jaqueta de couro para proteger da chuva.

de novo flare com tênis

LOOK 18: a minha mom jeans clarinha é tipo meu uniforme e percebi que era hora de ter uma versão escura. Demorei mas encontrei essa perfeitinha na Reuse Brechó. Eu tenho muito receio de comprar calças online, nas lojas eu provo várias e várias até alguma dar certo, mas como as meninas da Reuse colocam todas as medidas da calça no site (não só a numeração de etiqueta, mas gancho, cintura, altura…tudo!), foi só comparar com a minha e me jogar na compra!
Embaixo com o trench coat para meus deslocamentos entre escritório e reuniões.

eu chamo esse sapato de Valentinho porque ele parece um modelo da Valentino 😀

LOOK EXTRA: achei no rolo da câmera esse look de março que postei nos stories e recebi muitas DM’s, vale deixar registrado aqui. Essa camisa foi desapego da minha amiga super phyna e que entende MUITO de moda, Elisa. Talvez ela jamais usasse com tênis de cano alto, mas a graça é exatamente dar o nosso toque para as roupas, não é mesmo?

Fazendo esses posts eu percebi que gosto de usar alfaiataria com tênis…mas pensando bem acho que é porque eu uso tudo com tênis.

Mais um post de looks sincerões no ar. Espero que tenha gostado e me conte como você usaria o look 13.

<3


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *